quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Letra

Mais uma letra...
Adoro poesias e letras de música.
Quem sabe algum cantor me descobre. haha

Tudo que eu podia fazer
Eu fiz
Tudo que eu tinha que fazer
Já fiz
O nosso sonho terminou
A paixão acabou
Escapou entre os dedos
 
Se eu soubesse a fórmula do amor
Eu contaria o segredo
 
Conflitos todo casal tem
A gente teve também
Mas passamos do limite
Era briga por qualquer coisinha
Eu reclamava 
E você preferia ficar sozinha
 
Então,
Melhor a gente ficar assim
O seus olhos longe dos meus
E aí quem sabe
Um pouco de distância
Faz a gente ter saudade

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Poesia


Um pouco de poesia

Dores
De amores
Dói,
Dói demais
Dói na alma 
Dissabores
 
Dias
De tristezas
Doenças da mente
Delírios
Desejos proibidos
Devaneios
 
De todas loucuras
De todos os jeitos
Doces aventuras
Difícil é descrever um amor
Diabolicamente perturbado
Doente como o fim de uma flor 

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

O Meu Lado Poeta


Meu lado poeta e compositor... Letrista.
Não sei fazer melodias. E nem sei como faz para registrar.
Alguém para uma parceria?

Sertanejo,
Sou do mato
Sou do campo
Orgulho da minha terra
Do meu canto
Minha vida é toda aqui
 
Não troco por nada
Sou feliz com tão pouco
Viola, namorada e leitinho da vaca
Aqui tudo é simples
Não tem segredo não
A lua é mais bonita
Não tem poluição
 
Sou feliz
E sei muito bem disso
Aqui não tem pose
Ninguém é mais do que ninguém
O banho é na lagoa
A cama é na palha
E quem protege o corpo?
Nossa Senhora que nunca falha
 
Terra vermelha
Poeira da estrada 
Meu eterno destino
Na lenha do fogão
Na água quente do café
Viva o interior
Lugar do povo de fé

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

José Calil

José Calil
Comentarista da rádio Transamérica.
Gosto dele (nem sempre concordo).
A discussão outro dia era o Santos contratar ou não o Robinho.
Minha opinião. Se a justiça deixa, tem que contratar mesmo (já foi para outro time). Nada demais. Bobo do time que não tem um Robinho em seu elenco.
Pelo que eu ouvi, o José Calil pensa igual. E citou isso.
Aí, aquela turminha do mimimi (chatos de plantão) encheu o saco.
O comentarista citou que desvio de verba é mais grave do que um caso de estupro (que ele também lamenta).
Opinião dele. O Calil acha o que bem entender. Ninguém tem nada com isso. Mas mesmo assim alguns bobos inventaram que o apresentador é a favor do estupro. Nada a ver.
A emissora soltou até nota oficial para explicar o óbvio (que repudia estupro). Não precisava. E depois disso, o bom Calil sumiu. Não apareceu em nenhum programa.
Espero que não seja uma suspensão para agradar o mimimi e o politicamente correto.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Inferno (metrô)

Não tenho nada contra o Carnaval. Mas também não tenho nada a favor.
Sábado (03-02) precisei usar o metrô. Dia de blocos carnavalescos. Conheci o inferno.
Peguei o metrô na estação Vila Prudente. Meu destino era estação Consolação.
Nenhum segurança nos vagões. E cada estação enchendo mais e mais. Muita bagunça, muita bebida alcoólica, muitos bêbados (homens e mulheres), gente seminua e vandalismo. Cada estação com mais e mais pessoas e problemas. Muito tempo parado em cada estação. Alguns seguranças nas plataformas, mas nenhum no vagão.
Depois de muito tempo consegui desembarcar na Consolação. Uma multidão. Muita gente mesmo. E a informação que circulava era que a linha amarela (meu destino) tinha fechado. Todos voltavam em minha direção. Vi pessoas passando mal, gente caindo. Mesmo assim segui em frente e tentei ir para estação Paulista (amarela). Eram apenas três pessoas, uma senhora, um senhor de cadeira de rodas e eu. Consegui chegar ao meu destino fazendo algo que eu não gosto. De uma rampa eu pulei para outra. Passei por cima mesmo.
Na linha amarela (com os mesmos problemas) embarquei. Só tive paz e sossego na estação Pinheiros. Cheguei super atrasado ao trabalho. Não, eu não ia pular carnaval.
No domingo (04-02) precisei de novo de metrô para ir trabalhar. De novo com bêbados e muita bagunça nos vagões. Agora com menos pessoas. O pior aconteceu na volta.
Um sujeito bêbado e com cerveja na mão derrubou uma muleta no trilho da estação Consolação. Nenhum segurança apareceu e o trem passou por cima. Um terrível acidente poderia ter acontecido.

 
 

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Faz Tempo


Torcedor do Nacional do Uruguai imitou avião caindo em jogo contra a Chapecoense. O que eu acho disso? Tonto. E qual a punição que deveria acontecer? Nenhuma. Segue o jogo. Pouco ligo para asneira de torcida. E o clube não tem nada a ver com isso.
*****
São Paulino continua achando que com cinco jogos o time vai virar o novo Barcelona. Meu Deus!
*****
E torcedor muitas vezes é tonto. E muito por culpa da imprensa que vive falando bobagens e criando “monstros”.
*****
A empolgação do Palmeirense é algo invejável. Vamos aguardar!
*****
E aquele papo chato de novo... Treinador tem total direito de fechar ou abrir quantos treinos quiser. E só não pode assessor ficar defendendo jogador de futebol (porque jornalista fala que o sujeito é ruim).
*****
Você sabia que tem tonto que não gosta de um (ótimo) restaurante chamar “Senzala”. HAHAHAHAHAHAHAHAHA
*****
Esse politicamente correto...
*****
Você se ofende fácil? Eu não.